sexta-feira, 24 de junho de 2016

Coelho frito na Actifry



A Actiry da Tefal é uma aliada e ajudante espetacular para os fritos.
As vantagens de utilizar a Actifry para cozinhar são bastantes, nomeadamente:  carne fica muito saborosa e tostadinha,   apenas temos que lavar a cuba e tampa da fritadeira, evitando os salpicos de gordura no fogão ( que eu detesto), programamos e podemos ir fazer outra coisa sem nos preocuparmos que a comida queime.
O coelho é uma carne muito apreciada cá por casa e assim frito fica divinal.

Fiz assim:

Ingredientes:

1 coelho pequeno
Alho
Louro
Sal
Vinho branco
Azeite

Preparação:

Com algum tempo de antecedência cortar o coelho em pedaços pequenos e temperar com sal, alho, louro e vinho branco.
No momento de cozinhar colocar azeite na cuba da Actifry, escorrer o coelho e colocar a fritar.
Programar 30 min.
Uns 10 min antes de terminar adicionar o liquido da marinada e deixar terminar.
Ajustar o tempo se necessário.
Servir com batatas fritas e uma salada verde.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Sangria de vinho rosé e espumante



Uma das bebidas que mais aprecio no verão é sangria.
Uma sangria fresquinha é uma delícia!!
Para um jantar de amigos cá em optei por fazer uma sangria de vinho rosé e espumante.
A sangria é uma bebida muito versátil e que se faz num instante; dando apenas o tempo necessário para que todos os sabores e misturem.
Seja de vinho tinto, branco, rosé , espumante... adicionado algumas bebidas brancas como gin, licor beirã, vinho do porto... utilizando as mais variadas frutas maçã, laranja, limão, frutos vermelhos... e mais umas ervas aromáticas, gelo e o tempo necessário fica uma bebida divinal para saborear lentamente juntamente com umas gargalhadas e uma conversa animada, com boa companhia.
A receita que apresento rendeu bastante; mas poder-se-á adaptar as quantidades conforme a necessidade e o gosto. 
Então vamos lá à receita.

Fiz assim:

Ingredientes:


1 garrafa de vinho rosé
1 garrafa de espumante
1 l de gasosa
1 dl de gin
1 dl de licor beirão
2 ramos de hortelã
3 paus de canela
6 colheres de sopa de açúcar amarelo
1 maçã
1 laranja
Meio limão
1 mão cheia de framboesas
1 mão cheia de cerejas
Gelo q.b.


Preparação:

A fruta deverá ser bem lavada e utilizar com a casca e partida aos pedaços( maçã, laranja e limão).
Misturar todos os ingredientes e colocar no frigorífico até à hora de servir
Sevir com gelo.


segunda-feira, 30 de maio de 2016

Caracois de massa folhada com chourição alentejano


A minha filha foi a uma festa de anos de um amigo e teve que levar um salgado.
Era sexta-feira e depois de um dia de trabalho e um pouco adoentada não me apetecia fazer nada muito elaborado e nem ir às compras ( detesto ir ás compras à sexta- feira ao fim da tarde, há imensa gente, não gosto).
Ao abrir o frigorífico deparei-me com dois rolos de massa folhada retangular, uma embalagem de chourição fatiado e estava decidido o que fazer, caracois de massa folhada e chourição.
A Mariana aprovou a sugestão e acabou por ser ela a meter mãos na massa e rapidamente sairam os folhadinhos e foram aprovados pelos amigos.
Em vez do chourição os folhadinhos também ficam bem com fiambre e queijo.


Fiz assim:

Ingredientes:

Massa folhada retangular ( comprei no Lidl)
Chourição alentejano fatiado
Leite q.b.

Preparação:

Estender a massa folhada e cobri-la com as fatias de chourição colocadas lado a lado.
Enrolar a massa folhada como se fosse uma torta.
Pincelar a zona de pegamento com água morna para que a massa cole, fazendo pressão.
Pincelar com leite.
Cortar pequenos rolinhos com a espessura de um dedo.
Levar a forno pré-aquecido até estarem douradinhos.

sábado, 28 de maio de 2016

A minha cozinha nova - pormenores III






Quando comecei a projetar  a renovação da minha cozinha decidi logo que a decoração iria ter alguns apontamentos de vermelho, uma vez que combina muito bem com o cinzento dos móveis que também já havia idealizado.
Depois havia que decidir que objetos de decoração iria colocar na cozinha,  tendo começado por optar por um conjunto de quadros na parede por cima da mesa.
Como tinha estes frutos de crochet que  fiz há alguns anos atrás (sempre gostei de fazer crochet) logo me decidi por estes quadros.
Pessoalmente gosto muito do resultado final, dando um  aspeto muito airoso  e colorido à cozinha.
Hoje em dia a utlização do crochet em quadros está muito em moda e particularmente gosto muito do efeito.
Brevemente mais sugestões aparecerão sobre a utilização do crochet na decoração diferente do habitual.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Bolo de banana, canela e nozes


Sexta-feira é dia de fazer um bolinho para o fim de semana.
No frigorífico havia umas bananas a precisarem ser utilizadas, caso contrário iriam parar ao lixo.
Uma pequena pesquisa pela net e lá encontrei este bolo que é fantástico e muito saboroso.

Fiz assim:

Ingredientes:

3 bananas maduras pequenas
3 ovos
3 colheres de sopa de leite
75 g de margarina ou manteiga líquida
175g de açúcar amarelo
200g de farinha
1 colher de chá de canela
1 colher de chá de fermento em pó
70 g de nozes
1 pitada de sal


Preparação:

Esmagar as bananas com um garfo.
Adicionar os ovos batidos previamente com o leite
Acrescentar a margarina derretida já fria ou a manteiga líquida e mexer bem.
Adicionar o açúcar, a farinha, a canela, o fermento em pó e o sal. Mexer bem.
Por fim, envolver na massa metade das nozes picadas grosseiramente.
Colocar o preparado numa forma de bolo inglês untada previamente com margarina e polvilhad com farinha.
Por cima colocar as restantes nozes.
Levar a forno pré-aquecido a 180º C durante 50 minutos.

Inspiração: www.cincoquartosdelaranja.com

terça-feira, 10 de maio de 2016

A minha cozinha nova - pormenores II



Bilhas do leite em alumínio


Tabuleiro em esmalte  com o galheteiro, sal, pimenta



Cafeteira em esmalte com facas


Cafeteira grande de esmalte com as colheres de pau


Quando comecei a projetar a remodelação da minha cozinha decidi que não iria gastar muito dinheiro em objetos de decoração. Comecei  a idealizar uma decoração com alguns apontamentos de vintage.
Então numa das minhas idas à casa da minha mãe fui vasculhar o sotão e encontrei alguns objetos que se enquadrava exatamente no que pretendia para a minha cozinha.
As bilhas do leite, o tabuleiro e a cafeteira pequena eram de minha mãe e a cafeteira grande azul era da minha avó materna. Ainda me lembro da grade de madeira pendurada na parede da cozinha da minha avó com vários utensílios de esmalte e entre eles estava a cafeteira azul. 
Na cozinha de estilo moderno um pouco de vintage acho que conjuga na perfeição.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Lombinho de porco com molho de café e natas


Os molhos com natas são muito apreciados aqui por casa, no entanto nem sempre os faço devido à quantidade gordura que têm.
Mas como "uma vez não são  vezes" como diz o ditado, para um almoço de domingo em que tenho mais tempo resolvi fazer a vontades aos que coabitam comigo ( filhos e marido); pois eu não comi o molho.
Ficou saboroso!!

Fiz assim:

Ingredientes:

1 lombinho de porco
1 pacote de natas
Meia chávena de café forte
1 colher(de chá) de mostarda
4 colheres (de sopa) de azeite
0,5 dl de vinho branco
sal e pimneta

Preparação:

Limpar o lombinho e cortar em rodelas grossas.
Depois, espalmar ligeiramente e temperar com um pouco de sal e pimenta.
Levar ao lume uma frigideira com o azeite e deixar aquecer bem.
Adicionar os lombinhos e deixar cozinhar ate´ficarem douradinhos de ambos os lados.
Retirar  e reservar.
Acrescentar à frigideira a mostarda e o vinho, mexer e deixar ferver até o vinho evaporar.
Juntar o café e as natas, mexer bem, deixar ferver e cozinhar até obter um molho cremoso.
Juntar de novo os lombinhos e o suco que ficou no prato e deixar ferver.
Servir com arroz branco e uma salada.

Inspiração: Dica da semana nº 739 de 21 de abril de 2016